segunda-feira, 6 de junho de 2011

FAMILIA, MEU MAIOR PATRIMÔNIO
Salmo 128

INTRODUÇÃO

Toda história Bíblica demonstra a necessidade do ser humano de relacionar-se, de pertencer a alguém ou lugar.
O contexto mais intenso, perfeito para exercer este pertencimento, para fortalecer nossa identidade e construir estruturas sustentadoras para a vida toda, é a família.
O contexto do filho pródigo demonstra que tudo que ele tinha ou poderia ter, perdera todo o sentido quando abriu mão de seu maior patrimônio:a família.
Família é dádiva, é propósito de Deus. família precisa ser tratada com intenso carinho e cuidado.
Tudo que dedicamos a família, dado ao seu caráter, chama-se investimento. O maior investimento que precisamos fazer na família, chama-se TEMPO.

03 Áreas de Tempo que Precisamos Investir na Família

1.Tempo para Oração (Jó 1:4,5)
" O lar é uma ante-sala do céu, um santuário de louvor, o Santo dos Santos do ser humano..." (Hernandes Dias Lopes).
Para que isso seja verdade, é preciso investimento em oração. É bom considerar:
a)Oração pela família - Cada membro em particular investindo no todo.
b)Oração com a família - Todos os membros da familia orando juntos.
"Muito pode por sua eficácia, a súplica do justo.' (tg.5:16)
2. Tempo para Educação (Dt.6:4-9)
Como família, temos nossos pais, avós, a EBD, os congressos, cursos, encontros...
Mas famílias saudáveis constroem uma dinâmica de
ENSINAR - APRENDER
Pais e filhos aprendem e ensinam reciprocamente.
Sabedoria dos pais// observações saudáveis dos filhos
Temos então o sentido de sacerdócio: Antes de ser verdade para os filhos, precisa ser verdade para os pais.
Precisamos investir dentro da família para que ela se torne um lugar de amizades reais e não virtuais, diálogos e não discursos.
3. Tempo para recreação (salmo 128:4)
Na família, precisa chegar o momento de refrigerar, recarregar, esfriar o motor...
Apesar do trabalho que dá, do custo financeiro e de tempo mesmo, precisamos ver a família como um prazer em Deus.
Precisamos desenvolver dois momentos:
a)Curtir a família (vida comum do lar, comida caseira, atividades em casa...
b) Curtir com a família (passeio em família sem a presença de outros, curtir por vez o gosto de cada membro da família...)

CONCLUSÃO
Precisamos ter o tempo com a família como um investimento em nós mesmos , como um enriquecimento de nosso próprio patrimônio.
Precisamos tratar o mais importante como o mais importante.
Lendo Ec.3:1:
"Há tempo para todo propósito debaixo do céu.'
Solteiros - estudo, esporte, namoro, viagens, amigos - tempo para si
Casados - escolha consciente - tempo para a família
O tempo investido no convívio familiar vai fortalecer em nós algumas verdades:
- Sentimento de pertencimento (lugar para voltar e estar)
- Sucesso profissional menor do que o sucesso familiar
- Necessidade de ser participativo e criativo no convívio familiar
- a família precisa de pessoas e não de coisas
Amém.

Nenhum comentário:

Postar um comentário